iPhone 8 VS iPhone X

iPhone 8 VS iPhone X

Lançados no mesmo evento, o iPhone 8 e o iPhone X são telemóveis bastante diferentes, principalmente no seu exterior. Vamos ver no que divergem e as características que partilham.

 

Ecrã – Passado VS Futuro

A diferença mais óbvia entre estes dois modelos está naquilo que primeiro vemos quando olhamos para ambos – o seu display. O display do iPhone X é drasticamente maior, mais alongado e conta com um ecrã OLED, em oposição ao LCD do iPhone 8. Em linguagem simples, isto traduz-se num ecrã com mais contraste, resolução e vivacidade nas cores. Quanto a tamanhos, o iPhone X conta com 5,8 polegadas, graças ao seu bezeless design, enquanto que o iPhone 8 se fica pelas 4,7.

 

Design – Volumoso VS Compacto

Ao compararmos apenas o tamanho dos ecrãs de ambos os dispositivos, podemos cair no erro de presumir que o iPhone X é gigante. Porém, a verdade é que um dos pontos fortes deste modelo é o quão compacto é, apresentando 143.6 x 70.9 x 7.7 mm e uns meros 174g, em comparação aos 138.4 x 67.3 x 7.3 mm e 148g do iPhone 8. Números à parte, o iPhone X é ligeiramente mais alto que o seu adversário, mas a nível de largura e espessura, ambos são praticamente iguais.

Uma característica também bastante óbvia no iPhone X é o largo notch que tem no topo, que alberga a sua câmara frontal, que pode ser um constrangimento aquando da visualização de fotos ou vídeos em full-screen. A presença deste notch, além de uma questão de se tirar o máximo partido do ecrã, deve-se ainda à ausência de botão Home no iPhone X, e à consequente ausência de desbloqueio através de impressão digital. Em contrapartida, o iPhone 8 conta ainda com o tradicional home button e com o desbloqueio com impressão digital, algo que alguns utilizadores poderão achar vantajoso.

No entanto, nem tudo são diferenças neste confronto de titãs, e o iPhone X e o iPhone 8 partilham uma traseira em vidro que possibilita o carregamento sem fios, uma resistência a água e pó IP67 e um alumínio de durabilidade rígida nos seus chassis.

Por fim, o iPhone X está disponível em prateado e cinza sideral e o iPhone 8

acrescenta o dourado a estas opções.

 

Performance – Dois Mísseis

Apesar das suas diferenças no exterior, quando vemos o que o iPhone X e o iPhone 8 têm “debaixo do capot”, não há grandes diferenças. Ambos oferecem um processador A11 Bionic de 6 núcleos e um GPU de 6 núcleos, que se traduzem em processamentos e gráficos incríveis. O iPhone X conta com 3GB de RAM, enquanto que o iPhone 8 se fica pelos 2GB. Porém, esta diferença de 1GB acaba por ser insignificante, uma vez que o iPhone 8 tem um ecrã de resolução inferior e uma única câmara.

 

Câmaras – Duas são melhores que uma?

Outra diferença-chave entre estes dois aparelhos passa pelas suas câmaras. Tal como o iPhone 8 Plus (o irmão mais forte do 8), o iPhone X possui uma teleobjetiva de 12 megapixéis que permite um zoom ótico de 2x e o Modo Retrato.

Porém, quanto a câmaras primárias, o iPhone X e o iPhone 8 partilham uma câmara traseira wide-angle de 12 megapixéis com abertura de f/1.8 e com OIS (estabilização de imagem) e uma câmara frontal de 7 megapixéis, abertura de f/2.2 e sem OIS.

Assim, o iPhone 8 está à altura do iPhone X, excepto na possibilidade de zoom ótico de 2x e no Modo Retrato.

 

Bateria – O Factor X

Contrariamente a todos as melhorias feitas, o iPhone 8 tem um grande defeito – a sua autonomia. A própria Apple admitiu que entre o iPhone 7 e o iPhone 8 não houve qualquer melhoria tangível na autonomia dos aparelhos. A história muda quando olhamos para o iPhone X que, apesar de não apresentar uma melhoria significativa, oferece mais duas horas de bateria do que o seu antecessor iPhone 7, segundo a Apple.

Assim, o iPhone X e o iPhone 8 prometem até 21 horas de chamadas wireless (14 para o iPhone 8), até 12 horas de uso de internet, até 13 horas de reprodução de vídeo, até 60 horas de reprodução de áudio (40 para o iPhone 8) e um carregamento rápido de 50% em apenas 30 minutos.

 

Moral da História

Bem, a verdade é que 2017 ficou na memória do mundo como o ano do iPhone X e não como o ano do iPhone 8. O iPhone X foi revolucionário no seu design e foi o ponto de partida para os modelos que depois vieram e ainda irão vir nos próximos anos. Dito isto, o iPhone 8 pode ser considerado como a compra mais inteligente. Por cerca de 300€ a menos, o utilizador terá um telemóvel com as especificações, performance e câmara do iPhone X. Não terá, em contrapartida, o Face ID, o display maior e as maiores capacidades

fotográficas. No fim de contas, é tudo uma questão de preferências.

Sobre Mim

Olá! Sou o Iúri Ferreira e entrei na Forall como embaixador em fins de Setembro de 2018. Estou a tirar uma licenciatura em Marketing na ESTG-IPL. 

Comunicação, tecnologia e inovação são três coisas pelas quais tenho um grande bichinho, tendo por isso aceitado o desafio de integrar a área de Tech do blog da Forall. 

 

Artigo anterior Empreendedorismo feminino
Próximo artigo O ano de 2018

Deixe o seu comentário

* Campos obrigatórios