A culpa é só das vaquinhas?!

A culpa é só das vaquinhas?!

Muito se tem falado nos últimos anos da produção massiva da indústria pecuária, sobretudo quando olhamos para os valores nocivos de gases efeitos estufa originados pela produção e reprodução bovina. No fim das contas, já uns e outros culpam as vaquinhas pelo aquecimento global e pelo aumento do efeito estufa. Pobrezinhas!

De facto, ao olhar para os dados, é inegável que estamos perante um aquecimento acelerado do nosso planeta. Sob o nível da água, há a extinção de espécies variadas e acontecem todas as consequências catastróficas que os especialistas têm vindo a prever.

E voltando à agroprecuária, não podemos negar que esta indústria tem contribuindo em parte para este acontecimento. É sabido que as pessoas têm tendência para consumir cada vez mais carne e lacticínios a cada ano que passa. Aliás, está previsto que a produção de carne se duplique, tendo como base o ano de 1999/2001, em que eram produzidas 229 milhões de toneladas, para 465 milhões de toneladas em 2050.

Mas queria chegar ao verdadeiro ponto do artigo. Um estudo japonês mostrou que a produção de um quilograma de carne bovina leva à emissão de gases de efeito estufa com um potencial de aquecimento global equivalente a 36,4 kg de dióxido de carbono (CO2).(1). Agora, gostava de vos remeter para o facto de, o iPhone com a menor pegada ecológica, o iPhone SE, libertar cerca de 45 kg de CO2 na sua produção (sim e estamos só a falar do CO2, nem menciono todos os outros gases tóxicos envolvidos no procedimento).(2)

Consultem os seguintes dados:

Um kg de carne de

Produz _ kg de CO2

Modelo

Produz _ kg de CO2
Vaca 34,6 iPhone SE 45 kg
Ovelha 17,4 iPhone 6 Plus 110 kg
Porco 6,35 iPhone 7 56kg
Frango 4,57 iPhone 8 Plus 67 kg

 

Chegamos à conclusão que um iPhone 6 Plus produz o equivalente de CO2 que a mesma produção bovina que alimentaria uma pessoa comum durante seis semanas (segundo as quantidades de carne recomendadas pela OMS). 

Com isto não pretendo, como é obvio, que se comece a comer mais carne e a comprar menos iPhones. Quero sim, alertar, para a necessidade de vermos as nossas ações como um todo. Não é por deixarmos de comer carne que vamos diminuir a nossa footprint (pegada ecológica) se, enquanto isso, fazemos uma utilização desmesurada de plástico e fazemos olhos grossos para a necessidade de reciclar. Claro que é importante substituir pequenas ações prejudiciais por outras mais benéficas. Claro que adquirir um smartphone semi-novo na Forall Phones e a entrega do nosso antigo smartphone como retoma é um grande passo, mas o objetivo é caminhar para a sustentabilidade, e não ter ações ocasionais, apenas por pensarmos que fizemos a “nossa parte”.

Para terminar, queria só acrescentar que o objetivo final é remeter-vos para a importância de termos EQUILÍBRIO em todas as nossas ações e, neste sentido, a nossa posição relativamente ao ambiente não deve ser diferente. Temos que olhar para aquilo que fazemos como um todo, como uma sequência de decisões, mais ou menos pensadas, que no futuro têm poder para gerar consequências. Não devemos seguir simplesmente aquilo que é dito que eventualmente será o melhor.

Para que se perceba realmente o impacto do que fazemos, mais importante que mudar ações, é mudar mentes e corações.

Go green or go home

Raquel Fernandes

 

Sobre Mim

Heyy! Sou a Raquel Fernandes, sou embaixadora da Forall Phones e estudo Economia.
Sou apaixonada por causas que nos ultrapassam enquanto pessoas e que nos afetam como sociedade e pela natureza e as suas maravilhas. Por isso mesmo, sou uma defensora nata do nosso Planeta porque o devemos salvaguardar!

Let’s Get Connected:- Linkedin | Facebook | Instagram 

Artigo anterior História da Forall Phones

Deixe o seu comentário

* Campos obrigatórios